quinta-feira, novembro 18

Implicação


Você entenderá o que é tornar o coração pequeno quando se decepcionar com quem menos gostaria, com aquele que você planejou crescer juntos e se empenhou para isto. COMPANHEIRISMO.
Você compreenderá essa decepção aterrorizante quando der de cara com as mentiras que você não enxergava e que sempre existiram. CONFIANÇA.
Pedirá por simples explicação, e tentará desvendar aonde foi que errou, mesmo sem descobrir quase nada. ESPERANÇA.
Sentirá que o amor que você cuidou, e fez crescer, não passou de uma brincadeira solitária em que, no final, a falta de respeito e consideração por você como ser humano, como amigo, como companheiro que dividiu sorrisos e lágrimas, nunca existiu. LEALDADE
Perceberá que todas as palavras, empenho e planos dedicados foram perdidos na primeira leva do vazio que restou com a agressividade das convicções imaturas, insensatas. IMPULSIVIDADE.
Identificará que a incompreensão, a frieza, o cinismo e a falta de respeito pelo espaço que você ocupou por um certo tempo foram transformados numa substituição imediata por alguém que sempre negou existir. DECEPÇÃO
E Lembrará que o bom coração, aonde tantos erros tornaram-se perdoáveis, passou a ser envolvido por um amor estragado, em que os bons sentimentos ficaram sem espaço, e a lembrança passou esquecida pela memória do que não se sente mais. AMOR