quinta-feira, abril 28

Aniversário

Por dentro e por fora o coração sorri e me faz acreditar ainda mais no complemento desses ¼ de século tão bem vividos.

Quero mais vinte e cinco anos e outros tantos vinte e cinco para morrer de amores, de sorrisos, de tristeza, de delírios, de paixões, de preocupação, de satisfação.

Acordar com o colorido das horas, o amarelo do sol e seu tino, com o preto e branco da TPM que me deixa irritada, estressada e sem paciência.

Ser certezas e incertezas diárias que me levem, relevem e elevem para aonde a vida achar que eu deva ir.

Se meu coração tem esse jeito meio louco, enérgico de sorrir e chorar ao mesmo tempo, acalmar suas dores, me fazer aprender e ensinar sobre os sabores e dissabores da vida, não me restam – por incrível que pareça – palavras que se encarreguem de traduzir o que eu sinto agora. O sentimento se sobrepõe à fala...

Depois desse dia tão cheio de carinho, cheio de boas energias, repleto de palavras, abraços tão especiais e inesperados, o que eu sinto vai além dessa tela, mas se move numa felicidade saltitante de me sentir e ter pessoas tão especiais.

Quanta coisa preciosa DEUS me deu, e eu agradeço de coração cheio, radiante de amor!

Obrigada.