terça-feira, fevereiro 10

Resistir para recomeçar.

Peço que você resista. Resista ao tempo, ao depois. Tudo que chega um dia se esvai, seja de uma forma boa ou ruim. Permita que resida em você as coisas boas, que te tragam sorrisos, leveza. A sua interação com as relações que existem na vida dependem da maneira como você as leva. Sábio não é aquele que carrega uma bagagem de conhecimento, nível intelectual. É quem sabe reagir, trazer e levar de si virtudes, defeitos. Apesar do homem ser racional, ele é dotado de sensibilidade e ainda que exista corações gelados, vale a pena tentar. Seja você, seja do outro. No tempo em que vivemos não se doa mais, porque as pessoas se sentem de menos. Menos capazes de dar e receber amor, companheirismo, lealdade, respeito. Do que vale à vida se não as sensações que podemos proporcionar, sentir, partilhar? Levar consigo o encantamento do momento, por mais curto que seja é regra de ouro, pertence ao ciclo da vida, quando quebrado, tornar-se amargo demais viver. Há tempos de sorrisos fartos, de tristezas que apertam e grudam, selam a alma e parece não desistir. Porque a alegria de viver, de sentir-se pleno, realizado, completo e em paz sempre é esquecido quando a tempestade chega e parece não acabar. Como alguns provérbios, passa, tudo passa. Deixe a ferida sarar. Cicatrizada ela serve de marca, mesmo que seja de dor, ainda te servirá. Nesse solo fértil, em que ainda é permitido viver, não tenha vergonha de ser feliz.