segunda-feira, fevereiro 15

Ao Universo de chegadas...


É mais provocante do que se possa imaginar!! O ano de 2010 começou assim, com inicio e sem final para 2009, tudo vem a ser complemento, realizações plenas que me deixariam por vários parágrafos a contar tudo que me ocorre e o quanto tenho sido/ sou feliz.
O complexo que a vida exige se acaba quando a motivação é plena de cada dia, quando se tem fôlego mais do que o suficiente para se começar quantas vezes for preciso. Dias lindos com recheios de sorrisos e cobertura de felicidade.
É um livro bem novinho na editora prestes a sair depois de um ano. Uma família radiante que aumentou e ficou ainda mais completa. Novas oportunidades. Destinos maravilhosos. Realizações. Planos em pauta a serem cumpridos. Etapas que chegam ao final. O espetáculo da amizade verdadeira que se reafirma a cada ano e a embriaguez do amor que nos deixa torpe.
E em meio a isto tudo, o compromisso com meus princípios, com a fortaleza completamente excêntrica que sai de si a hora que quer para “ser” quantas vezes preciso for.
Se pudesse resumir tudo isto numa única frase, diria sem pestanejar que a decência não se perde na primeira palavra dita, mas nas atitudes impostas pela falta de vergonha na cara daqueles que não tem coragem de mostrar quem verdadeiramente são!
Palavras ainda mascaram sentimentos, mas as atitudes, não!
Além daqui, atitudes práticas de um ser de nada evasivo ao dizer ! Ao meu redor uma realidade completamente convergente a estas palavras.
Bem vindo novamente ao meu universo de chegadas...